sexta-feira, 31 de julho de 2015

Com mais chuvas, Ipês antecipam floração em Bauru


Ipê roxo encantou quem passou pela alameda Octávio Pinheiro Brisolla, na Vila Universitária
A beleza e encantamento provocados pela floração dos ipês chegaram mais cedo em Bauru, neste ano. Possivelmente devido ao volume atípico de chuvas registrado em julho, as árvores começaram a florir com cerca de um mês de antecedência, dando à paisagem de ruas e avenidas o colorido tão característico da espécie.

Um dos belos exemplares está na quadra 9 da Octávio Pinheiro Brisolla, na Vila Universitária. Segundo o diretor do Jardim Botânico de Bauru, Luiz Carlos de Almeida Neto, trata-se de um ipê roxo.

É uma transformação de “encher os olhos” e que tem a função de atrair insetos e aves polinizadores para a geração de novas plantas, conforme explica Dorival José Coral, professor do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade do Sagrado Coração (USC) e curador do herbário da universidade.

“Nesta época do ano, é como se o ipê fosse avisado de que está chegando a primavera e o verão. Ele ‘entende’ que precisa produzir as flores, depois os frutos, até liberar as sementes para que elas germinem e perpetuem a espécie”, comenta, destacando que todo o processo é concluído com a chegada do verão, estação chuvosa e mais propícia para o nascimento de novas mudas.

Coral explica que o que faz o  ipê florescer nesta época do ano é a variação de temperatura característica do inverno. Em Bauru, por exemplo, os termômetros têm oscilado de 11 a 15 graus à noite, até 27 e 29 durante o dia.

‘Choque térmico

E é este “choque térmico” que “avisa” as árvores de que está na hora de começar a florir. “Há uma combinação de fatores. Elas precisam da luz do dia, desta variação brusca característica do inverno e também dependem do regime hídrico”, observa.

O que surpreendeu, neste ano, contudo, foi o mês de julho atípico, com acumulado de quase 90 milímetros de chuvas, marca que foi alcançada pela última vez, no mesmo período, somente em 2010. “Mas, com certeza, os ipês vão continuar florindo. É um período que pode durar de dois a três meses, porque cada espécie tem um momento”, completa.

Em geral, segundo o professor, os ipês brancos são os primeiros a florescer, depois vêm os amarelos e, por último, os roxos e rosas. As flores do ipê amarelo têm uma durabilidade maior, sendo que os frutos e a quantidade de sementes também são maiores.

Além de ser menor e mais delicada, a flor do ipê branco tem menor durabilidade, ficando nos galhos por cerca de três dias. No meio termo entre o branco e o amarelo, está o ipê roxo e o rosa. “Mas é preciso destacar que temos uma série de espécies exóticas que foram trazidas para a nossa região e que podem se comportar de maneira diferente”, acrescenta.



Fonte JCNet

Siga @condominos
T.O

Os contos de Caio Fernando Abreu ganham vida no palco


Cena da peça que será encenada nesta sexta-feira (31)
Os contos de Caio Fernando Abreu vão ganhar vida no palco através da
temporada teatral do espetáculo “Meia Dose de Nada” - livre adaptação do
livro Morangos Mofados. As peças serão encenadas nos dias: sexta-feira (31), às 21h, 1 de agosto (sábado), às 22h; e 8 de agosto (sábado), às 21h30, no Espaço Protótipo. A classificação é de 16 anos.

"Meia Dose de Nada" traz ao palco um momento de encontro e desencontro. É o resultado cênico de pesquisas e experimentações desenvolvidas por alunos da Casa de Cultura Celina Neves (Curso Livre de Teatro Paulo Neves), sob orientação e direção de Fabio Valerio e assistência de LM Marques (Lidiane Marques), ambos do Protótipo Tópico.

O espetáculo, que teve sua estreia na XIV Mostra de Teatro Paulo Neves, em janeiro de 2015, agora é retomado em forma de temporada, com quatro apresentações.

O elenco conta com atuação de Andressa Cisneiro, Caio Cáceres, Caroline Lopes, Fabrício Rodrigues, Fernanda Lazari, Leticia Gomes e Vitor Tonsig.

Serviço

O Espaço Protótipo fica à rua Monsenhor Claro, 2-57 - Centro . Valores: R$
14,00 inteira e R$ 7,00 (meia-entrada). Os ingressos serão vendidos 1 hora
antes de cada apresentação. Informações: (14) 3243-1150


Fonte JCNet

Siga @condominos
T.O

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Sorri limita atendimento na região de Bauru

A Sorri-Bauru suspendeu na última terça-feira (30) o atendimento a 55 pessoas da região que moram em municípios não contemplados por convênio com o Ministério da Saúde. Com a mudança, quem fazia o tratamento de reabilitação na unidade terá de buscar outras alternativas. Para Bauru e outras 17 cidades, não houve alteração no atendimento.

Paula Aline Guaracho dos Santos, que mora em Dois Córregos, lamentou a interrupção no tratamento da filha de 7 anos. Segundo ela, desde os quatro anos, a menina era acompanhada por profissionais da Sorri em razão de uma deficiência nos dois pés.

“Ela fazia Fisioterapia, TO (Terapia Ocupacional), passava por psicóloga e a Sorri dispensou. Eles falaram que estão em crise e que, por enquanto, ela não tem como ficar porque é de outra cidade”, conta. “O tratamento era excelente. A Sorri ajudou muito ela”.

Como a filha tem convênio, Paula conta que irá tentar garantir, pelo menos, as sessões de fisioterapia. “É difícil porque ela ainda precisava do tratamento. Eu fico muito triste com essa situação”, diz. “Vou procurar outro lugar para continuar o tratamento dela”.

Readequação

O presidente da Sorri-Bauru, João Carlos de Almeida, o João Bidu, explica que a entidade mantém convênios com as Secretarias Municipais da Educação e do Bem Estar Social (Sebes) para o atendimento exclusivo de pessoas de Bauru nos setores Social e de Educação. Quase 80% dos 1.480 atendimentos realizados pela Sorri hoje, de acordo com ele, são de moradores da cidade.
João Rosan/Arquivo
A Sorri-Bauru atende quase 80% dos 1.480 atendimentos de pacientes do próprio município
Desse total, 550 referem-se a serviços de reabilitação, que contemplam, além de Bauru, outros 17 municípios definidos pelo Ministério da Saúde (Agudos, Arealva, Avaí, Balbinos, Borebi, Cabrália Paulista, Duartina, Iacanga, Lençóis Paulista, Lucianópolis, Macatuba, Paulistânia, Pederneiras, Pirajuí, Piratininga, Presidente Alves e Reginópolis).

Até pouco tempo atrás, segundo ele, a Sorri abrangia mais de 60 cidades. “Quando a Sorri se tornou  Centro Especializado em Reabilitação (CER), a gente já recebia uma verba do  Sistema Único de Saúde (SUS). Em função disso, a Sorri podia atender mais pessoas. Só que essa verba antiga do SUS acabou no ano passado e passou a prevalecer só a verba do CER. A partir daí, a coisa começou a apertar”, declara.

“Em função da redução dos nossos recursos, nós fomos obrigados a cortar na carne, dispensamos quase 40 funcionários que faziam o atendimento e tivemos também que dispensar 55 usuários”.
‘Coração cortado’

João Bidu explica que o corte nos atendimentos visa equilibrar as contas da Sorri. “São alguns casos que deixam a gente com o coração cortado porque eles (usuários) não têm onde receber esse tipo de tratamento. A gente sente profundamente por tudo isso que está acontecendo”. Ele conta que a entidade chegou a rejeitar novos usuários, mas a situação está voltando a se normalizar. Em breve, novas vagas deverão ser abertas para Bauru e 17 cidades.


Fonte JCNet

Siga @condominos
T.O

Ingressos para 42ª Grand Expo Bauru estão à venda


A 42ª edição da Grand Expo (recinto Mello Moraes) será de 6 a 16 de agosto
Para quem está na contagem regressiva para a 42ª edição da Grand Expo, uma boa notícia: os convites já estão disponíveis nos pontos de venda desde 20 de julho. O evento será de 6 a 16 de agosto no recinto Mello Moraes.

Além da presença de artistas consagrados do País, nesta edição a festa que já é a mais tradicional no calendário bauruense pretende se tornar ainda mais popular. O grande diferencial é que apenas em quatro dias os shows terão cobrança de ingresso (nos dias 7, 8, 14 e 15 de agosto). Nos demais, a entrada no recinto será liberada o dia todo. Os ingressos que dão acesso à pista estão sendo vendidos a preços populares, sendo R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada).

A Grand Expo Bauru é uma realização da Arco e Prefeitura Municipal de Bauru, com apoio da Câmara Municipal e do Rastro do Cowboy e o patrocínio da Brahma, Banco do Brasil, Brambilla, Transurb, Felivel, Saúde São Lucas, Sicoob Credicitrus e Lumelight.

Pontos

Os ingressos para a pista podem ser adquiridos na 96 FM, Jornal da Cidade, Musa (Getúlio Vargas), Jô Calçados (Calçadão) e escritório da Arco (recinto Mello Moraes). Já os convites para o Camarote Vip Super Bull estão sendo vendidos no Flipper Lanches, na Loja Musa (Getúlio Vargas e Shopping Boulevard) ou através do site http://www.totalacesso.com.br.

Uma outra opção para curtir o show é o camarote Vip Fusion Super Bull – quem estiver por lá, após o show principal, terá ainda acesso a outras atrações exclusivas com bandas e DJs.

Serviço:

42ª edição da Grand Expo (recinto Mello Moraes). De 6 a 16 de agosto. Informações: (14) 3236 1040 http://www.expobauru.com.br. Sobre camarotes: (11) 9 4241-3008. Os ingressos para o camarote estão sendo vendidos no Flipper Lanches e na loja Musa (Getúlio Vargas ou Shopping Boulevard).  

Programação

Shows com entrada gratuita: 
6/8 - Trio do Brasil
9/8 - Orquestra do Sertão
10/8 - Ministério Amor Maior
11/8 - Fernandinho
12/8 - Pedro Henrique e Fernando
13/8 - Israel e Rodolfo

Valores para a pista:
7/8 - Jorge & Mateus – R$ 20,00 inteira – R$ 10,00 meia entrada.
8/8 - Thiaguinho – R$ 20,00 inteira – R$ 10,00 meia entrada.
14/8 - Guilherme & Santiago e Humberto & Ronaldo – R$ 20,00 inteira – R$ 10,00 meia entrada.
15/8 - Thaeme & Thiago – R$ 20,00 inteira – R$ 10,00 meia entrada.


Fonte JCNet

Siga @condominos
T.O

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Viva Bauru vem bem recheado de atrações


Demônios da Garoa em formação atual: show para as famílias
O quadro bel ali no canto desta página demonstra quais as principais atrações artísticas gratuitas que marcarão as festividades de aniversário de 119 anos de Bauru no parque Vitória Régia de sexta-feira (31) à noite até a noite de domingo (2). (Veja no final mais informações da programação)

No sábado (1), às 20h30, o tradicional grupo paulistano “Demônios da Garoa” se apresenta, encerrando as atividades do dia. Já no domingo, também às 20h, o fechamento do show fica por conta da Big Band da Orquestra Jazz Sinfônica, de São Paulo.

Vale lembrar que, já na próxima sexta (31), as atrações começam às 20h, com solenidade de abertura e a festa do sanduíche que leva o nome da cidade.

Também tem espaço para apresentações musicais, como a Banda Sinfônica Municipal e Luiz Ornelas Trio.

No sábado (aniversário) e domingo as atividades começam cedo, a partir das 9h com a Feira de Artesanato Ubá.

No palco, espaço para apresentação de bandas, grupos de dança, sambistas e vários outros artistas.

Tudo lá

Atração tradicional será o “Big Bolo” de aniversário. A comemoração será feita às 15h de sábado, no Anfiteatro do Vitória Régia, com o corte e distribuição acompanhados da Banda do Senai.

O evento vai contar também com exposições, todas no Vitória Régia.

Quem acompanhar poderá ver exposições de Veículos Antigos, Exposição Equipamentos do Exército Brasileiro, Exposição do Corpo de Bombeiros, Exposição da Marinha Brasileira, Exposição de Veículos Semma e Brinquedos Infláveis Semel (gratuitos).

Serviço

O Viva Bauru é realização do Jornal da Cidade, Confiança Supermercados e Prefeitura Municipal com patrocínio Tehar Desenvolvimento Imobiliário, Boulevard Shopping Bauru, Coca-Cola, CGS Construção e Comércio, Cart, Transurb e Frigorífico Mondelli. Parceiros sociais são Bauru Pocket, Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de Bauru, Sesi e Senai, Marca,  Asten e 96FM. Parceiros de mídia TV Preve, Rádio Auriverde, Polvo, Lume Light, TVC, GQA, Revista Atenção, TV FIB, TV Unesp, Record Paulista, Bauru Painéis e JCNET.




Fonte JCNet

Siga @condominos
T.O

Tubinho e Dedé em dose dupla no Teatro Municipal


Muitas gargalhadas, daquelas que molham os olhos e doem as bochechas: é o que promete o espetáculo “Tubinho, o tigrão de Bauru”, que o palhaço apresenta com Dedé Santana e outros seis artistas no Teatro Municipal de Bauru, em sessões às 19h30 e 21h, nesta quarta-feira (29).

A peça integra há bastante tempo o repertório do Circo do Tubinho; a novidade é contar com Dedé Santana entre os personagens principais.

“Essa parceria com Tubinho vem de muito tempo e ficou muito boa. A gente se entende bem em cena, estou gostando muito”, contou Dedé ao Jornal da Cidade. “Mas vocês vão ver um Dedé diferente do que viam em ‘Os Trapalhões’, é um Dedé da comédia, de outro tipo de espetáculo”.

Há cerca de quatro anos Dedé faz participações especiais no Circo do Tubinho e, pela primeira vez, sai com o grupo em turnê.

“Desde que vi o Tubinho trabalhar pela primeira vez eu me encantei: é um grande humorista de teatro e circo, lembra muito os meus pais.... É de família circense como eu, que nasci no circo”, disse o artista, este ano, nomeado Embaixador do Circo no Brasil.

Com classificação indicativa de 12 anos, o público vai encontrar piadas de todos os tipos. “Tem uma ou outra piadinha mais forte, mas nada que ofenda as pessoas”, garante Dedé.

Que dupla!

Neste espetáculo, Tubinho, o rei do riso, é casado com uma mulher muito brava e quer cair na gandaia com o amigo.

“Dedé arma um plano para tirar o Tubinho de casa e é claro que vai dar tudo errado, com muita confusão e trapalhada”, antecipa Pereira França Neto, o intérprete do palhaço, que por onde passa coloca o nome da cidade no título da peça.

“O Tubinho é um cara muito
pacato, quieto, mas alguma coisa vai despertar o tigrão dentro dele. E aqui será o ‘tigrão de Bauru’!”.

Tubinho ficou muito conhecido na cidade com uma longa temporada anos atrás, lotando a plateia diariamente. “A gente pegou um carinho pelos amigos que fez aqui e pela própria cidade. Se possível a gente coloca Bauru no nosso roteiro de espetáculos. Voltar com o circo, com certeza a gente volta, só não sabe quando nem por quanto tempo”, promete o palhaço.

DIZ AÍ, DEDÉ!

Quando iniciou a carreira artística?
Dedé: “Comecei com três meses de idade numa peça de circo-teatro que se chamava ‘A cabana do pai Tomás’. Entrei no colo da minha mãe fazendo o papel de filho de escravo. Por isso, até hoje, me encanto muito com o circo-teatro”.

E o trabalho nas telas?
“Estou fazendo um especial por ano e o ‘Criança Esperança’. No final deste ano ou começo de 2016, gravamos o filme “Os Saltimbancos Trapalhões 2”, com Didi, Dedé e Sargento Pincel”.

Hoje é mais difícil fazer humor do que no auge de “Os Trapalhões”?
“Na TV temos uma lista enorme de coisas com as quais não podemos mexer, coisas que não se pode falar. Hoje fica mais difícil, a gente pisa em ovos. O bom de trabalhar com circo-teatro é que o Tubinho pode tudo, porque ele é um palhaço e fala o que quiser!”

Qual o segredo de manter o sucesso no humor?
“Nasci no humor, estou nessa desde mil novecentos e antigamente. Não é qualquer um que pode ser comediante ou palhaço, está no sangue. O que anima e dá força pra gente? O sorriso da criança. Parece que é coisa padrão que a gente fala, mas não é. Quando falo criança é também o pai, o avô, o tio, todo aquele que dá sorriso de criança, que volta à infância no circo. Ver as pessoas rindo dá força que faz a gente querer sempre estar em cena trabalhando, passando essa alegria”.

“Se parar fico velho!”

Aos 78 anos, Dedé Santana transparece na voz e na empolgação que não pretende – e nem precisa – fazer planos para se “aposentar” das telas, palcos e picadeiros.

No ano passado, ele estreou no teatro com Renato Aragão, o Didi Mocó, e grande elenco a peça “Os  Saltimbancos Trapalhões – o musical”, inspirado no filme que a dupla protagonizou com Mussum e Zacarias em 1981, já visto por 52 milhões de expectadores nos cinemas brasileiros.

“A minha mulher diz: ‘você não para um pouco?’ E eu digo: ‘se eu parar eu fico velho!’”. Dedé e Tubinho falaram ao JC por telefone a caminho de Barra Bonita, onde se apresentaram nessa terça-feira (28).
Serviço

O espetáculo “Tubinho, o tigrão de Bauru” terá sessões hoje, dia 29, às 19h30 e 21h, no Teatro Municipal de Bauru. Classificação indicativa: 12 anos. Ingressos vendidos a R$ 50,00 (inteira); R$ 25,00 (meia) e R$ 35,00 (desconto de R$15,00 apresentando anúncio do Jornal da Cidade (já publicado).

Pontos de venda: Techtur Viagens e Turismo, no piso térreo do Bauru Shopping. Fone: (14) 3223-5003. Empório das Vitaminas, na avenida Getúlio Vargas, quadra 14. Fone: (14) 3234-2957. Realização: imitch! Produtora Cultural.
 


Fonte JCNet

Siga @condominos
T.O

terça-feira, 28 de julho de 2015

Garoto com paralisia termina prova de triatlo

Força, determinação e superação.
Um garoto de 8 anos com dificuldades motoras, devido a uma paralisia cerebra, conseguiu completar uma prova de triatlo na Inglaterra neste fim de semana e emocionou os espectadores que o aguardavam na linha de chegada.
A Castle Triathlon Series, que organizou a prova, divulgou uma foto e um vídeo dos momentos finais da competição (assista abaixo).Bailey Matthews completou 100 metros de natação em um lago, 4 km de ciclismo e 1,3 km de corrida. 

Ele recorreu a uma bicicleta adaptada para o ciclismo e a um andador para a corrida. 
Nos últimos 20 minutos de prova, ele deixou o equipamento de lado e correu sozinho até a linha de chegada, emocionando o 
público.
Ele chegou a tropeçar e cair duas vezes, mas levantou e continuou até o final, diante do aplauso e incentivo do público."

Foi possível ver a expressão no seu rosto quando ele estava chegando e viu todo mundo. Essa foi a sua maneira de terminar a prova com estilo e mostrar a todos o que ele podia fazer", disse ao jornal Daily Mail a mãe do menino, Julie Hardcasle.
História
Segundo o Daily Mail, Bailey nasceu prematuro e foi diagnosticado aos 18 meses com paralisia cerebral, uma lesão neurológica ocorrida durante a fase de desenvolvimento do sistema nervoso central que leva a uma dificuldade motora.

O menino desenvolveu interesse pela modalidade esportiva porque seu pai, Jonathan Matthews, de 47 anos, costumava levar o filho em um carrinho quando participava das competições de triatlo.
A prova Hever Castle Triathlon - segunda maior prova de triatlo da Inglaterra e a maior prova infantil de triatlo do mundo - ocorre em North Yorkshire, na Inglaterra.

Fonte Só Noticia Boa

Siga @condominos
T.O