terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Homem dá a própria camisa a senhor com frio no metrô: viral

Foto: reprodução/YoutubeFoto: reprodução/Youtube
Solidariedade, gentileza, amor ao próximo!
Um vídeo que mostra um passageiro do metrô de Nova York doando sua camisa e seu chapéu a um sem-teto que morria de frio se tornou viral na Internet.
Nas imagens, é possível ver o momento em que o passageiro se aproxima do homem que está só de calça e o ajuda a colocar a própria camisa, que acabara de tirar.
O passageiro – identificado apenas como ‘Jay ‘ – , em seguida, sai e volta com um chapéu preto, que ele também coloca sobre a cabeça do morador de rua.
O vídeo, que foi postado no Facebook na última sexta-feira (8) pelo passageiro Lazaro Nolasco – que filmou toda ação – já foi visto mais de 11 milhões de vezes.
“Apenas nós estávamos no trem”, disse Lazaro Nolasco ao New York Daily News.
“O homem estava sem camisa e ele parecia doente”, completou.
Nolasco lembra ainda que fazia muito frio em Manhattan naquele dia. “O cara fez uma boa ação e eu quis registrar”, explicou.
Assista:
Com informações da RedeTV/UOL

T.O

Pai pode tirar até 3 meses de licença-paternidade: onde?

Foto: Johan BavmanFoto: Johan Bavman
Enquanto no Brasil a licença paternidade é de apenas 5 dias, na Suécia o país está incentivando o pais a ficarem pelo menos 90 dias em casa cuidando dos filhos.
Sim, a partir de 1º de janeiro deste ano a cota compulsória para homens foi aumentada para 3 meses.
Mas isso não é de hoje. Nos anos 1970 a Suécia começou a incentivar pais a tirarem tempo para ficar com recém-nascidos.
A ideia era que casais recebessem seis meses de licença por criança, divididos igualmente entre pai e mãe.
Homens, porém, tinham a opção de transferir dias para as mulheres – algo que a maioria fez.
Nos anos 90 quase 90% dos dias de licença ainda eram usados por mulheres.
Em 1995, o governo criou o que se pode chamar de uma “cota para papais”, alocando 30 dias compulsórios e que seriam perdidos caso não fossem usados. Sete anos mais tarde, o período foi estendido para 60 dias.
Em 2014 homens já eram responsáveis por 25% dos dias disponíveis para casais.
Atualmente, casais recebem, por lei, 480 dias de licença a partir do nascimento da criança. Nos primeiros 390 dias, quem optar por ficar em casa recebe 80% do salário, pagos pelo Estado.
Os 90 dias restantes são tirados com pagamento menor.
Foto: Andrea Rangecroft
Foto: Andrea Rangecroft
Experiências
Pelo Facebook, pais formam grupos para conhecer e encontrar outros também de licença. Enquanto as crianças brincam, eles aproveitam para conversar e trocar experiências, da mesma que forma que suas mães um dia fizeram.
A Suécia tem um dos menores índices de desigualdade de gênero do mundo, segundo uma classificação do Fórum Econômico Mundial.
O país está na quarta posição entre os cinco melhores países – o Brasil aparece apenas em 85º lugar na lista de 145 nações.
Niklas Logfren, porta-voz do equivalente sueco ao Instituto de Previdência Social, diz que uma distribuição igualitária do tempo passado com os filhos nos primeiros dias de vida tem benefícios a longo prazo.
As autoridades suecas acreditam que, se o ritmo de impacto das reformas implementadas desde 1974 for mantido, homens e mulheres vão tirar dias iguais de licença em 2035.
Com informações da BBC

T.O

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Papai Noel magro, sexy e fashion doa 1 dólar por selfie

papainoel1
Nem barrigão, nem roupas largas, nem cara de vovô.
O Papai Noel fashion é bonitão, enxuto e está longe de ser um velhinho. Só mantém mesmo a barba e cabelos brancos.
Ele está fazendo sucesso em um shopping do Canadá.
“O Papai Noel de um shopping de Toronto, no Canadá, é tao sexy que até adultos querem sentar no seu colo”, diz matéria do AdFreak, apresentando o personagem.
Paul Mason, que trabalha como modelo há 30 anos, se transforma no ‘Papai Noel Fashion’ quando entra no Yorkdale Shopping Center.
Selfies que ajudam
Magro, mais jovem e definitivamente por dentro das últimas tendências de moda, o “Fashion Santa” também é caridoso.
Para cada selfie com o Noel postada nas redes sociais com a hashtag #YorkdaleFashionSanta, o shopping canadense doará 1 dólar para a SickKids Foundation.
Veja as fotos:
papainoel8papainoel7papainoel6papainoel5papainoel4papainoel3papainoel2
Com informações Adweek

Fonte Só Noticia Boa
T.O

Cientistas descobrem grande planeta habitável perto da Terra

Foto: UNSW/Imagem simulada com Universe Sandbox 2/universesandbox.comFoto: UNSW/Imagem simulada com Universe Sandbox 2/universesandbox.com
Cientistas australianos identificaram um planeta imenso, potencialmente habitável e que pode até ter água em estado líquido!
O exoplaneta fica a 14 anos-luz da Terra – distância relativamente curta no espaço.
Pesquisadores da Universidade de Nova Gales do Sul descobriram que o planeta, que tem mais de quatro vezes a massa da Terra, é um dos três que orbitam a estrela-anã Wolf 1061.
“É uma descoberta particularmente animadora pois todos os três planetas têm uma massa baixa o bastante para serem potencialmente rochosos e de superfície sólida. E o planeta do meio, Wolf 1061c, está na zona (chamada de) ‘Cachinhos Dourados’, onde pode ser viável a existência de água em estado líquido – e talvez até vida”, afirmou um dos autores do estudo, Duncan Wright.
A estrela-anã Wolf 1061, que os três planetas descobertos orbitam, é relativamente fria e estável. Os planetas têm orbitas de cinco, 18 e 67 dias.
As massas são pelo menos 1,4, 4,3 e 5,2 vezes a da Terra, respectivamente.
O planeta maior fica de fora do limite da área habitável e provavelmente também é rochoso, enquanto que o planeta menor está perto demais da estrela para ser habitável.
Foto: Universidade de Nova Gales do Sul
Gliese
Robert Wittenmyer, que também participou da pesquisa, disse à BBC Brasil que a descoberta da super-Terra é tão importante quanto à de outro planeta potencialmente habitável fora de nosso Sistema Solar, Gliese 667Cc.
Anunciado em fevereiro de 2012, o Gliese 667Cc é outro planeta da classe super-Terra, uma classe de planetas com o tamanho entre os de planetas rochosos como Terra e Marte e os gigantes gasosos Júpiter e Saturno.
O Gliese 667Cc tem cerca de 4,5 vezes a massa da Terra, demora 28 dias para completar a órbita em volta de sua estrela e está a 22 anos-luz.
Pequenos planetas rochosos são abundantes em nossa galáxia, e sistemas com muitos planetas também parecem ser comuns. No entanto, a maioria dos exoplanetas rochosos descobertos até agora estão a centenas – ou até milhares – de anos-luz.
Atmosfera
Wittenmyer afirmou à BBC Brasil que a equipe de cientistas só poderá analisar a atmosfera do planeta quando ele passar em frente à estrela.

Fonte Só Noticia Boa
T.O

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Natal terá a 1ª lua cheia em quase 40 anos

Foto: NasaFoto: Nasa
Neste ano o Natal terá uma bela lua cheia para brindar o nascimento de Jesus Cristo.
Isso não acontece desde 1977 e voltará a ocorrer apenas daqui a 19 anos, em 2034, segundo a Nasa, a agência espacial americana.
Lua Cheia de dezembro, que é a última do ano, é chamada no hemisfério norte de Lua Cheia Fria. Isso porque ela ocorre no começo do inverno naquela região.
Segundo a Nasa, o pico da Lua Cheia no dia de Natal será às 6h11 no horário de Nova York, 9h11 pelo horário de Brasília.
“Quando nós olhamos para a Lua numa ocasião dessas, vale lembrar que a Lua é mais do que um corpo celeste vizinho”, diz John Keller, cientista da Nasa em comunicado.
“A história geológica da Lua e da Terra são intimamente ligadas, de modo que a Terra seria um planeta totalmente diferente sem a Lua”.
A lua cheia de dezembro também é conhecida como “lua das noites longas”.

Fonte Só Noticia Boa
T.O

Tratamento com ímãs pode combater vício em cocaína

Foto: REPRODUÇÃO SMITHSONIANFoto: REPRODUÇÃO SMITHSONIAN
Quem diria? Ímãs podem combater a dependência em drogas, como cocaína!
A optogenética é uma técnica criada em 2005 que mistura biologia molecular com estimulação ótica para investigar o funcionamento dos nossos circuitos cerebrais.
Em 2013, um pesquisador descobriu que ratos de laboratório dependentes em cocaína tinham a ânsia pela droga diminuída quando tratados com base nessa metodologia: proteínas sensíveis a luz eram introduzidas no cérebro dos roedores e um feixe de luminoso estimulava o córtex pré-frontal deles, reduzindo a necessidade da droga.
Como essa técnica só foi testada em animais e as consequências do uso humano ainda são desconhecidas, cientistas se inspiraram no sucesso da optogenética no tratamento dos ratinhos para investigar um procedimento alternativo no que diz respeito a humanos: a estimulação magnética transcraniana.
TMS
Apesar do nome pomposo, a TMS, como também é conhecida, é basicamente a aplicação de grandes imãs na testa do paciente.
Tradicionalmente utilizada no combate à depressão, a TMS faz uso de campos magnéticos para estimular células nervosas do cérebro.
Por cinco dias consecutivos, os participantes da pesquisa receberam pulsos indolores na região frontal da cabeça e, dos treze voluntários que fizeram o tratamento completo, dez apresentaram resultados positivos.
Apesar de promissores, os resultados ainda não são definitivos. Primeiro, porque o número de participantes da pesquisa foi muito baixo. Segundo, porque dependentes de cocaína estão mais sujeitos ao chamado efeito placebo por estarem em uma situação fragilizada, em busca de soluções rápidas para o seu vício.
Antonello Bonci, autor do estudo percursor com os roedores e pesquisador do Instituto Nacional de Abuso de Drogas dos EUA, diz estar planejando um estudo bem mais abrangente e aprofundado sobre a relação entre TMS e a dependência de cocaína. Ele acredita que, dentro de alguns anos, esse será um tratamento aceito pela comunidade médica.
Outras doenças
Esse tempo de “alguns anos” até a popularização do tratamento se deve em parte pelo fato dos próprios médicos ainda não saberem muita coisa sobre a TMS e como ela funciona.
Uma hipótese é que ela aprimora as conexões neurais ou que estimula a produção de neurotransmissores como a dopamina – ou talvez as duas coisas.
Além de ser popular no tratamento de depressão há cerca de três décadas, diversos estudos já mostraram a eficácia da TMS contra o Mal de Parkinson, enxaqueca, epilepsia e transtorno obsessivo compulsivo (TOC).
Mais recentemente, os cientistas começaram a desenvolver pesquisas – a maioria delas com resultados bem animadores – para descobrir possíveis aplicações nos mais variados tipos de vícios, como alcoolismo, tabagismo e compulsão alimentar.

Fonte Só Noticia Boa
T.O

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Criado primeiro carro do mundo guiado pela mente

carro-controle-mente-close-3
O que parecia impossível, os cientistas da Universidade Nanai, em Tianjin, na China, tornaram realidade.
Eles criaram o primeiro carro do mundo guiado pela força do pensamento.
Foram dois anos de desenvolvimento.
O veículo usa um dispositivo acoplado à cabeça do motorista, que é capaz de interpretar os sinais cerebrais.
Só que ainda não é possível reproduzir no veículo a mesma agilidade e mobilidade de uma condução normal.
Por enquanto, o motorista que usar o veículo pode emitir comandos mentais para o guiar para a frente e para trás, bem como parar, frear e destravar o carro – tudo sem usar as mãos, ou os pés.
Estrutura
O dispositivo que reconhece os sinais cerebrais conta com 16 sensores de eletroencefalogramas, ou EEG, que são responsáveis por capturar os sinais emitidos pelo cérebro.
O software especial desenvolvido pelos pesquisadores trata então de ler esses sinais, interpretá-los e traduzi-los – o que resulta no controle do veículo.
Foto: Kim Krung Hoon / Reuters
Sem fio
“Os sinais do EEG são capturados pelo equipamento de leitura cerebral e transmitidos por uma ligação sem fio ao computador”, explica Zhang Zhao, um dos investigadores, em entrevista à Reuters.
“O computador processa os sinais para categorizar e reconhecer a intenção das pessoas, e traduz os sinais para o comando de controle do carro”, diz Zhao.
O líder da equipe, Duan Feng, professor de Engenharia de Controle e Computadores da Universidade de Nanai, acredita que o mecanismo foi desenvolvido para ajudar os seres humanos.
Feng considera que no futuro o sistema pode trabalhar em conjunto com carros autônomos.
“No nosso projeto, os carros servem os humanos ainda melhor”, acrescenta o professor.
Acidentes
Feno garante ainda que não há qualquer fundamento sobre possíveis acidentes causados por motoristas distraídos, quando controlam o carro com o cérebro.
Isso porque a concentração do motorista só é necessária precisamente quando é chamada para a realização de uma ação concreta, como a mudança de faixa, ou freada.
Veja como funciona –
Fonte Só Noticia Boa
T.O